Assim que nossas crianças começam a se alimentar com alimentos sólidos, geralmente após o sexto mês de idade, as dúvidas do que é certo oferecer só aumentam… Afinal, até o 4º ano de idade o paladar da criança será formado e geralmente fixado, se tornando mais difícil a aceitação ou adaptação de novos sabores e mudanças de hábitos após esta fase.

Portanto, mamães e/ou responsáveis dediquem-se a consolidar hábitos saudáveis antes desta idade!

Após o sexto mês de idade a criança praticamente já está apta a receber e experimentar todos os alimentos, mesmos os que geralmente nos geram tabus como carnes, ovos, peixes, soja… Deve-se respeitar, porém, a transição de consistência e o período de verificação de possíveis alergias ou efeitos não desejados. Se sua criança já come pedacinhos está na hora de saber montar um bom lanchinho:

Primeiramente tenha em mente que os principais alimentos a serem evitados ou que deverão ter seu consumo retardado ou controlado o máximo possível são:

  •  Doces, açúcares
  •  Refrigerantes
  •  Frituras
  •  Salgadinhos
  •  Sucos de caixinha ou em pó (mesmo os de soja)
  •  Mel (até os 2 anos de idade)

Fuja o máximo possível de produtos industrializados como bolinhos, bolachas recheadas, snacks etc… Procure cozinhar para seu filho, faça bolos, tortas, milho cozido, lanches naturais… invente!

 

Basicamente um lanchinho nutritivo deve conter:

Um alimento energético (rico em carboidratos)

como o próprio nome diz, para dar energia. São os pães (valorize os integrais), biscoitos sem recheio, bolos (preferencialmente os de legumes ou frutas como de cenoura, beterraba, banana, maçã, mamão, agrião), tapioca, pão de queijo, milho verde cozido, batata doce, mandioca cozida, tortas salgadas, cuscuz. Lembrando que sempre há a possibilidade de se reduzir uma xícara de farinha de trigo da receita e substituir por 1 xícara de aveia.

Um alimento construtor (proteico)

Eles servem para reforçar o desenvolvimento e construção muscular da criança. Ex: leites e derivados como iogurtes, queijos brancos principalmente (fresco, ricota, cottage entre outros), ovo de codorna, atum, frango desfiado, soja.

Um alimento regulador (rico em fibras e vitaminas)

Os reguladores auxiliam no funcionamento e defesa do organismo. Ex.: todas as frutas, sucos naturais (de preferência diluídos em água e não puros); água de coco, legumes (mini cenouras, brócolis cozidos…), salada de frutas, frutas secas, oleaginosas em quantidades moderadas (nozes, castanhas, amêndoas, amendoim caipira…)

Muita ÁGUA!

 

 

frutinhas

Ordem

Uma observação importante é a ordem de se oferecer o lanche. Ofereça primeiro a fruta ou legume para estimular seu consumo, pois se começarmos com os outros grupos provavelmente se não houver o hábito, a criança evitará ou comerá apenas os outros itens.


Um exemplo de lanche da tarde

Segue abaixo o que preparei para minha filhota (1 ano e meio) de lanchinho da tarde:

1 Caqui em pedaços, 1/3 de espiga de milho, 100 ml de iogurte e água!!

Beijos a vontade e muita paciência em respeitar o ritmo de se alimentar…. beijosss

Clariza M. Zoldan (Nutricionista)